O Rei Leão como incentivo à leitura de Shakespeare

Pois é, mudei de tema. O outro tava muito difícil de achar material, problema, etc, e esse me parece mais simples de entender.

Tema: O uso de um filme infantil (O Rei Leão) como incentivo para a leitura e o estudo de Hamlet.

Título provisório: Utilização da animação “O Rei Leão” como método de incentivo à leitura de Hamlet por jovens.

Problema: Existe uma grande resistência do público em geral quanto à leitura de clássicos, e Shakespeare é geralmente considerado “complicado demais” para ser lido.

Questões: Uma história mais simples, porém baseada em um clássico de Shakespeare, pode despertar o interesse no livro original? As semelhanças entre “Hamlet” e “O Rei Leão” são suficientes para tal?

Objetivo geral: Analisar o interesse no livro despertado pela animação.

Objetivos específicos: Comparar as duas obras, reconhecer e analisar semelhanças significativas; sugerir a utilização dessas semelhanças a favor da leitura, além de mais pesquisas sobre o tema.

Também não está tão desenvolvido ainda, e acho que ainda está muito vago, mas é mais do que consegui fazer com o antigo… Então, aceito sugestões.

 

Tinha esquecido de assinar, rs.
Ana Carla Ponte

2 Comentários

Arquivado em Nosso Diário de Pesquisa

2 Respostas para “O Rei Leão como incentivo à leitura de Shakespeare

  1. Iury Paz

    Olá autor do post, ^^
    Achei muito legal esse seu novo tema, embora eu não saiba qual era o anterior. Como você falou, há uma aversão de muita gente quanto à leitura e se falamos em leitura de clássicos então aí que a aversão aumenta. Segundo um amigo, “Shakespeare é para intelectuais e não para reles mortais”. A meu ver, isso é MITO. E essa desmistificação deve ser combatida e umas das formas para que isso ocorra é a intertextualidade. Histórias infantis, quadrinhos, etc. podem aproximar o leitor das obras ditas ‘impossíveis de entender’ (clássicos, principalmente Shakespeare). Respondendo a sua pergunta 1, histórias simples podem despertar sim a leitura de clássicos, acredito que a pergunta deveria ser feita de outra forma: de que forma as histórias infantis, como o Rei Leão, podem despertar o interesse do leitor ou do espectador para a leitura de clássicos, de Shakespeare por exemplo? Quais as semelhanças entre as obras que possibilitem esse despertar para Shakespeare? Enfim, essas são apenas algumas ideias.

  2. Josi Short

    Ana Carla,

    Creio que seu novo tema está mais claro. O momento agora é de avançar! Sugiro revisar o que foi escrito e, com base nos comentários de seus colegas, mudar algo ou acrescentar idéias.

    O que significa “Uma história mais simples” ? É necessário especificar, conceituar, antes de fazer afirmações do tipo acima.

    Josi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s