A utilização de músicas em aulas de língua inglesa em cursos

Tema:

–  A utilização de músicas em aulas de língua inglesa em cursos.

Título Provisório:

– A utilizaçaõ de músicas como um meio de motivação para o estudo da língua inglesa.

Problema:

– A falta de interesse no estudo do inglês por partes de vários alunos de cursos de inglês.

– A “escravização” de alguns professores em utilizar somente o livro em grande parte das aulas, e por isso dedicar um tempo muito pequeno a outras atividades que não sejam as do livro.

Questões:

– Como a utilização de músicas pode motivar os alunos a estudarem a língua inglesa?

– A música pode substiuir, em certos casos, o livro sem ter a perda de conteúdo?

– Porquê exercícios com músicas são uma boa fonte de aprendizagem?

Objetivo Geral:

– Propor um novo olhar para o ensino da língua inglesa em cursos, com a utilização constante de músicas em sala de aula, como um exercício motivador e uma boa fonte de aprendizagem no estudo da língua inglesa.

Objetivos Específicos:

– Mostrar como a utilização de músicas em cursos de inglês pode motivar o aluno no estudo da língua.

– Mostrar que, em vários casos, a música pode substituir o livro, pois a música é uma fonte riquíssima de vocabulário, gramática, fonética e fonologia, cultura, etc. Além do exercício de “listen”, o qual o aluno exercita a sua compreensão da língua inglesa.

– Discutir a “escravização” de alguns professores em utilizar o livro em grande parte das aulas, e por isso dedicar um tempo muito pequeno a outras atividades que não sejam as do livro.

Justificativa

– Tentativa de melhorar o ensino e aprendizagem da língua inglesa. Por experiência própria e de amigos, a falta de dinâmica em sala de aula, sem exercícios diversificados, e o constante uso do livro, são fatores que levam os alunos a desistirem de estudar a língua inglesa. Aprender uma nova língua não é fácil, pois a estrutura gramatical, lexical e fonética são diferentes, e estuda-las apenas com o livro, os tornas ainda mais difícil, pois torna a língua algo “abstrato” e tediosa, “abstrato”, pois os textos e exercícios apenas ensaiam situações de vida real, com termos muito formais, e com foco na gramática, tediosa, pois o aluno estará estudando uma língua e suas estruturas, sua fonética e suas culturas em um livro, o livro não suporta a grandiosidade de uma língua. Porém, com outros exercícios, como a música por exemplo, o aluno poderá “respirar” de fato a língua, porque a música é um ótimo meio de aproximar o aluno a língua em que está sendo estudada, pois os vários estilos de música trazem um riquíssimo vocabulário, gramática, variações linguísticas, fonética e fonologia, cultura(s) da língua envolvida, etc. Assim, o aluno ficará mais motivado em estudar a lingua inglesa, pois deixará de estuda-la tecnicamente e apenas no “papel”(do livro), para estuda-la nas suas diversas formas e no seu uso mais “vívido”.

 

Vítor Máximo

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized

4 Respostas para “A utilização de músicas em aulas de língua inglesa em cursos

  1. Iury Paz

    Olá autor do post,

    Eu gostaria de lançar alguns pontos para reflexão: (1) “aprender uma nova língua não é fácil” para quem? Há pessoas que não sentem dificuldades em aprender línguas e que até acham fácil o inglês, por exemplo, por conta da simples estrutura gramatical (em comparação com o português). (2) O que se enquadra em “exercícios diversificados”? Será tudo aquilo que é feito sem o uso do livro? (3) A que livros você se refere ao falar que “os textos e exercícios apenas ensaiam situações de vida real, com termos muito formais, e com foco na gramática”? Há livros, como o “The Big Picture” da Richmond, por exemplo, que as lições instigam a reflexão e a discussão sobre temas atuais e, além disso, trabalha a gramática de forma indutiva, ou seja, através do próprio uso da língua. (4) Você disse que “o aluno poderá “respirar” de fato a língua” com a música e antes disso você mencionou que “o livro não suporta a grandiosidade de uma língua”. Será função da música na sala de aula suportar essa grandiosidade da língua? Como isso ocorrerá? (5) Com a música, você disse que “o aluno ficará mais motivado em estudar a lingua inglesa”. Mas e se o aluno odiar música? Qual a faixa etária que você escolheu para trabalhar a música. Os adultos, por exemplo, são muito focados no estudo da gramática pura, talvez até pela forma de aprendizagem que tiveram quando mais jovens. Muitos deles acreditam que aprender uma língua é aprender a gramática, por isso sentem a necessidade do livro didático. Como você lidaria com essas situações? Para finalizar, uma dica: tenta escrever períodos mais curtos, assim ajudará o leitor a compreender melhor o seu texto.

    Essas foram algumas questões que surgiram ao ler sua justificativa. Espero que ajude você.
    Boa Sorte no trabalho e nos vemos na discussão em sala.

    Regards,
    Iury Paz

    • Hum, obrigado pelo comentário, só me deixou mais perdido.

      Sobre “Os adultos, por exemplo, são muito focados no estudo da gramática pura, talvez até pela forma de aprendizagem que tiveram quando mais jovens. Muitos deles acreditam que aprender uma língua é aprender a gramática, por isso sentem a necessidade do livro didático. Como você lidaria com essas situações?”

      Eu explicaria a eles que o método de ensino da época deles é ultrapassado, e eles têm que abrir a mente, sem alienação please.

      Como vou citar os livros? Há vários livros de inglês… e se eu citar alguns, não vai adiantar nada, porque meu argumento não valer de nada sobre os exercícios apenas ensaiarem situações de vida real.

      No seu comentário (4), acho que você falou aquilo porque não entendeu o que eu quiz falar.

      Vou ler mais sobre o assunto, mas agora acho que não fazer um grande trabalho, deu medo agora depois do comentário, são muitos detalhes aff.

  2. Ótimas ‘dicas’, Iury. Creio que o Vitor vai levar em consideração seus questionamentos, tão pertinentes.
    Josi

  3. Josi Short

    Vítor,

    Você já leu os textos recomendados??!!
    Sem leitura sobre o assunto fica extremamente difícil realizar um trabalho de pesquisa.

    Repense, reflita, escreva novamente!
    Abraço,
    Josi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s